domingo, 31 de maio de 2009

Nova Moda: Greve

Para muitos que lêem apenas o título deste artigo podem pensar que sou opositor à greve. Enganam-se! Cada vez mais apercebo-me da importância da reivindicação dos direitos dos trabalhadores. Talvez comece a ter mais atenção sobre estes assuntos por estar a meses de ingressar no árduo mercado de trabalho. Já lá vai a escravatura!
A greve foi um dos direitos adquiridos pelo trabalhadores após o 25 Abril. Numa coisa temos que concordar, o português nunca está bem! Mesmo que ganhe 5 000€ trabalhando 10 horas por semana. Está sempre a queixar-se! Talvez em certos momentos o povo português, ou melhor alguns sectores, tenham exagerado. Perdoem-me a ousadia mas em parte acho que somos culpados porque não soubemos usar esse direito durante anos... agora que precisamos de o invocar... não tem o relevo merecido!
Contudo nestes últimos meses AS greveS não são despropositadas.
O país atravessa uma das maiores crises... o governo, tentou, mas não consegue dar respostas/reformas eficazes. Alias, muitas respostas parecem promover a crise. Com isto agudiza-se o estado de saúde do nosso país (a ver vamos se este estado passa a crónico)!
Fazendo uma breve retrospecção... desde Março tem havido, praticamente, todas as semanas um sector laboral em greve! Recordo-me que enfermeiros e professores foram para a rua algumas vezes, disputando a triste tabela da insatisfação por via da greve! Poderíamos pensar que estas sucessivas greves seriam um exagero! MAS NÃO SÃO! O que é pena é que com tanta greve e com as suas repetições sejam vistas como "mais uma" e nada mais. Acompanhar e perceber os motivos pelos quais levam determinado sector a manifestar-se começa ser difícil. Percebo que também começa a ser uníssono. As pessoas começam a ficar habituadas a ver e a participar em manifestações! Começo a aperceber que as pessoas já nem se interessam pela manifestação e reivindicação dos seus direitos. Isto, para o governo, deveria ser preocupante!
É fundamental o diálogo pois o povo já diz "é a conversar que a gente se entende".
Agora, a greve faz parte da triste estrada em direcção ao desconhecido!

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Piadas quase "Santas"...

Um paciente está na capital, para um exame periódico de
saúde.
- Você bebe?
- Dois copos de vinho por dia...
- Fuma?
Dez cigarros por dia.
- E sexo?
- Duas ou três vezes... por mês.
- Sóó? Com a sua idade e a sua saúde, era para ser duas
ou três vezes por semana.
- Sabe como é, doutor? Se eu fosse bispo na capital...
até que dava...., mas padre numa diocese pequena, no interior....


Um burro morreu em frente de uma Igreja e como uma
semana depois o corpo ainda estava lá, o padre resolveu
reclamar ao Presidente da Junta.
- Presidente, está um burro morto á frente da Igreja há
quase uma semana!
E o Presidente, grande adversário político do padre,
alfinetou:
- Mas Padre, não é o senhor que tem a obrigação de
cuidar dos mortos?
- Sim, sou eu! Mas também é minha obrigação avisar os familiares!


quinta-feira, 28 de maio de 2009

Vale a pena pensar nisto...

"Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade."

Confúcius

quarta-feira, 27 de maio de 2009

86 Anos...


Hoje fui ao aniversario do meu avô! 86 anos de vida!
Não couberam todos na cozinha da minha tia, onde se realizou o "ajuntamento" da família. Ao todo, somos perto de 100 (filhos, netos, bisnetos, trinetos...)! Por momentos estive reticente em ir... mas depois lembrei-me, "poderá ser o último aniversário em que eu lhe posso dar um beijo de felicidades". Embora, ele seja um Homem à antiga, fica feliz com a nossa presença demarcada com um beijo. Simplesmente um beijo fez-lhe correr 2 lágrimas timidamente. Muitos não poderam estar presentes mas fizeram questão de fazer chegar os seus "parabéns" pelo meios possíveis: telemóvel, Internet...
Neste momento, a vida fez com que ele continuasse o seu caminho sem a minha avó, há quase cinco anos. Nunca se ultrapassa mas ReAprende-se a viver ou sobreviver? Confesso que já não sei qual será a palavra que identifica a viuvez.
Neste dia, também, me lembrei da minha avó. Aquele sorriso maravilhoso. Bem... muitas saudades dela tenho! Esteja ela onde estiver... espero que saiba o quanto gosto dela.
Custa-me escrever sobre as pessoas de quem gosto. Fico emocionado. Então dizer-lhes isto, ainda mais. Porque será?

terça-feira, 26 de maio de 2009

Nova farda da Cruz Vermelha Portuguesa

Até 2011 todas as unidades locais da CVP deverão adoptar este novo fardamento.
É importante que a população comece a familiarizar-se com estas novas fardas, pois a típica farda preta deixará de existir.





PS: éjusto que apareçam elementos masculinos...

domingo, 24 de maio de 2009

Domingo...

Hoje estou um pouco cansado! O meu fim de semana foi um pouco fora do normal.
No sábado tive a prova de cicloturismo organizada aqui pela delegação de Vilela, à qual faço parte. Ainda não tenho as fotos da prova. Tudo correu bem. Comeu-se e ainda bebeu-se melhor no final da prova, ninguém se magoou. À noite, fui até à festa em honra da Nossa Senhora da Hora - Vilela. Muitas luzes, altifalantes, juventude, maturidade, criançada... todos na ruas a comemorar esta data. Aproveitei para reviver os tempos de adolescente. Confesso que desde que tinha entrado para a faculdade nunca mais fui às festa populares daqui da zona. Ora por exames, ora por afazeres pessoais... Fui muito agradável.
Hoje, Domingo de manhã fui ver os meus colegas a jogarem futebol. À tarde, fui para o salão do móvel onde estive com outros colegas a realizar rastreios à população (tensão arterial, glicemia capilar, Índice Massa Corporal...).
Aqui ficam algumas fotos...











sexta-feira, 22 de maio de 2009

O que sou...??

Talvez possam perceber o por quê de eu ser o que hoje...


Aqui fica o texto original do JN.
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Interior.aspx?content_id=581050

Salão do móvel - CVP Vilela

Teve início ontem, 21 de Maio no salão paroquial de Vilela - Paredes, o XV salão do móvel que decorrerá até dia 24 de Maio do mês de Maria. Este, é organizado pelo núcleo da Cruz Vermelha de Vilela com o intuito de angariar fundos para investir nos equipamentos de socorro em prol de uma melhor assistência à população. Aqui, capital da indústria imobiliária, todos podem ajudar a CVP - Vilela comprando os moveis que necessitam a preços abaixo do mercado, mas com muita qualidade.
Neste mesmo lugar estarão ainda presentes a Equipa de Enfermagem que realizará gratuitamente rastreios à população.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Nem tudo o que parece é...

- Qual é a parte do corpo humano que aumenta quase dez vezes seu tamanho quando é estimulada?
Ninguém respondeu, até que Natasha levantou-se furiosa e disse:
- Não devia fazer uma pergunta dessas para crianças do 6º ano! Pois eu vou contar aos meus pais e eles vão falar com o director e, este vai demiti-la, com base no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente)!! E ainda vai chamar o Conselho Tutelar para te prender.
Para o espanto da Natasha, a professora não apenas a ignorou como fez novamente:
- Qual é a parte do corpo que aumenta em dez vezes o seu tamanho quando é estimulada? Alguém sabe?
Finalmente, Rodrigo levantou-se, olhou em redor, e disse:
- A parte do corpo que aumenta dez vezes o seu tamanho quando é estimulada é a pupila.
A professora:
- Muito bem, Rodrigo!!!
Então, voltou-se para a Natasha e continuou:
- E quanto a si, 'menina', tenho três coisas para lhe dizer:
A primeira:é que tem uma mente muito suja para a sua idade.
A segunda: não leu a sua lição de casa: 'Os sentidos'...
E a terceira: DEZ VEZES ??? (hahahahahaha)...
Um dia vai ficar muito, mas muuuuitooooooo decepcionada, sabia?


Repara em mim... carago!

Quando se fala em vícios, recordo-me do vício do tabaco, aácool... e infelizmente a grande maioria dos doentes internados ou são ou foram fumadores (um dos factores de risco para doenças cardíacas e pulmonares, que é o que mais se encontra...).

Cada vez mais os jovem experimentam o tabaco e álcool - drogas! Confesso que estive reticente durante alguns minutos a pensar numa palavras no meio deste pensamento. Faço-me clarificar, será que devemos dizer que os jovens são "impingidos" a experimentar as drogas? ou, então, fazem-no de livre vontade?

Não podemos esquecer que esta alienação por novas experiências é uma das componente da formação da personalidade. Os jovens, nomeadamente dos 14 ao 20, segundo Erikson, durante a puberdade experimentam vários papéis. Estas várias experiências são a todos os níveis: sexual, religioso, profissional, grupo de pares, familiar... permitem às pessoas conhecerem através da experimentação perceber quais as actividade ou áreas que mais os estimulam e têm interesse.

O grupo de pares é basilar nesta questão. Cerca de 90% dos jovens quando iniciam ou tentam fazer algo pela primeira vez fazem-no em grupo. O líder desse grupo é visto pelos demais como o "exemplo" deles. O líder é alguém que consegue persuadir, muitas vezes com argumentos inviáveis, os restantes, a fazerem essa nova actividade. Assim, na minha opinião que é baseada na literatura de referência, para atingir com maior eficácia todo o grupo deve-se tentar chegar ate ao líder e perceber e "orientá-lo, pois este encaminhará os restantes no verdadeiro caminho correcto.

Outro aspecto, é o facto de nos últimos anos as depressões na adolescência ter aumentado exponencialmente. Há muitos autores que não consideram depressão! Independentemente do seu nome, o comportamento dos jovens deprimidos/problemas psicológicos é diferente dos adultos. Se nos adultos deprimidos/problemas psicológicos quando apresentam este quadro o recurso ao isolamento, apatia, diminuição da volição geral são comuns, nos jovens acontece o oposto. A excessiva "socializaçao" - saidas nocturnas, vários grupos de amigos, falar aos berros -, exercerbo de euforia, radicalização e aquisição de atitudes e comportamentos (fumar, alcoolismo, uso de piercings) e mudança radical no vestuário para roupas excêntricas e vistosas. Estes comportamnetos quase que nos dizem "repara em mim, carago".

Certamente que estes vícios, principalmente o fumar e consumo de álcool são heranças culturais mal aplicadas. Sabemos que o fumar e beber um copo no século XVIII eram considerados luxos! Ora, com o crecente poder de compra, muitas sociedades quiseram ser "chiques" e ficaram viciadas no luxo - beber um copo e fumar um cigarrro.

Àqueles que trabalham com grupos de jovens... compreendam os seus comportamentos apesar de os não entenderem.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Historia do rei de Salomão...

Certo dia, quando estava um pouco mais desencantado coma vida, um amigo contou-me esta linda historia. Muito pequena a história mas de uma riqueza edificante!

"... num certo dia, o rei de Salomão dirigiu-se para um dos seus servos e disse-lhe:
- Quero que me vás buscar algo que faça ao mesmo tempo que uma pessoa triste fique alegre e que uma pessoa alegre fique triste!
Então o servo lá foi... Procurou por todo o mundo. Regressa, perante o espanto do rei, mostrando-lhe o que encontrara: um ANEL!
O rei pediu-lhe para explicar como aquele simples anel iria ser capaz satisfazer o seu pedido. então o servo diz:
- O anel tem gravado "Isto, tudo passa!". Assim, o homem triste ficou feliz porque os seus problemas iriam passar e o homem feliz ficou triste porque ele sabia que um dia podia acabar."


Ah pois é...

domingo, 17 de maio de 2009

Mais um Domingo

Mais um domingo. Se para muitos este é o dia melhor da semana... eu contrario essa estatística. é o dia da semana mais "cinzento".
De manha fui jogar futebol. Mais um jogo como muitos outros. O futebol é um vício que já não consigo deixar de o fazer. Ajuda, nem que seja por 3 horas, a esquecer os problemas da vida. Mais importante do que o resultado é o facto de eu me sentir bem no meio daquela malta.
Depois do jogo há o regresso a casa e à monotonia.
É complicado descrever esta monotonia. Tanto para fazer mas a motivação é inversamente proporcional. Às vezes parece que acordamos e tudo nos corre mal. Estamos no sítio errado, há hora errada... Preferimos ficar metidos em casa... a ver TV... à espera que o tempo passe. contamos as semanas... os dias... para aquilo que nos atormenta passe. Porque sou tão preocupado com pequenas coisas? ou talvez a palavra mais adequada seja stressado?
Tenta-se fazer algo ... mas tudo sai com muito esforço....muito desgaste mental, depois a nossa cabeça monta um icebergue que nos acede ao consciente vários episódios que não nos queremos lembrar. Tento descrever tudo exaustivamente mas o máximo que consigo escrever são algumas linhas. O resto é ordenado no cérebro que aceda à consciência mas que também seja bloqueado nas sinapses, impedindo que o estímulo motor passe a reacção efectora. Este texto foi apagado e escrito "ene" vezes... muitos processo inconsciente iriam dar que pensar ao sábios amante da mente humana.
Custa muito pensar sobre certas situações... mas expô-las... ainda mais. Aquele que mais nos conhecem estão sempre atentos isso. Antecipam-se. Detectam quando há algo. há outros que se remetem ao silêncio. O silêncio muitas vezes explica muita coisa...
Bem chega de escrever... não consigo expôr mais o labirinto da massa cinzenta!